Line Header
Pordata - Base de Dados Portugal Contemporâneo
Fundação Francisco Manuel dos Santos
PT   EN  |  Actualizações  ACTUALIZAÇÕES
Mobile Menu
Mobile Search
Pordata - Início
Municípios
Portugal
Europa
Glossário
PUBLICAÇÕES
Destaques
PRÉMIO INOVAÇÃO
Academia
CURSOS ONLINE
Municípios
Portugal
Europa
Glossário
Publicações
Destaques
PRÉMIO INOVAÇÃO
Academia
Cursos Online
Video sobre a Pordata
Actualizações
DESTAQUES
 Mais destaques
Estatísticas

Revisão das Contas Nacionais

24 Setembro 2019
Outros Destaques

Para que seja possível acompanhar os desenvolvimentos mais recentes na dinâmica económica, cada vez mais acelerada, é preciso rever frequentemente as contas que descrevem parte da realidade económica dos países.

Assim, dentro do Sistema Europeu de Contas Nacionais (SECN), com o qual Portugal está alinhado, prevê-se rever todo o âmbito temporal das séries das Contas Nacionais, de 5 em 5 anos, nos anos terminados em 4 e em 9.

 

A 23 de Setembro de 2019, as Contas Nacionais mudaram da base 2011 para a base 2016. E não foi só em Portugal. Esta atualização do ano de referência é uma prática corrente nos países da União Europeia, que deverá ser concretizada por mais de 20 países em 2019.

 

Na PORDATA já pode encontrar os valores mais recentes das Contas Nacionais - no tema Macroeconomia; Subtemas Dívida e Défice, Receitas das Adm. Públicas e Despesas das Adm. Públicas das Contas Públicas - agora divulgados pelo INE e pelo Banco de Portugal desde 1995.

De destacar que a PORDATA apresenta dados desde 1960 para alguns indicadores ao efectuar a retropolação das séries a partir da aplicação sucessiva das taxas de variação dos dados anteriores a 1995 (na maioria dos casos, provenientes das séries longas do Banco de Portugal), ao novo valor para 1995, na base 2016 das Contas Nacionais Portuguesas.

 

Simultaneamente, a PORDATA apresenta dados sobre os principais deflatores, nomeadamente o do PIB e o do Consumo Privado, que permitem converter os preços correntes/nominais em preços constantes/reais, possibilitando analisar a evolução dos preços ao longo do tempo, sem o efeito da inflação.

Poderá assim converter qualquer indicador da PORDATA expresso em euros a preços correntes para preços constantes, utilizando os dois botões “Preços Constantes – PIB” e “Preços Constantes – IPC” existentes em todos os quadros da PORDATA.


A Pordata pode, assim, deflacionar por si. Basta clicar nos deflatores disponíveis no lado esquerdo da tabela após seleccionar a opção “Ver tabela completa” ou “Mais opções e dados”.   

Partilhar
Base de Dados
Tema
Sub-tema
Quadro
Indicadores
Utilizar todos os indicadores
Anos
Filtro: 
 
Selecionados :
Total de Dados(912/20.000)